30.11.15

Entrevista com a autora Mara Deméter

Olá, meus amores!
Estou super ansiosa pelo livro "O Nome do Sonho" da autora M. Deméter e enquanto o livro não chega pensei em deixar uma pequena entrevista com a autora aqui para vocês!

1. Como surgiu a ideia de escrever o livro, como foi escrever ele no momento da vida que você se encontrava?
Essa história surgiu em pedaços, primeiro escrevi um mini-conto de Felipe e Vivian, apenas como um casal, contando uma cena que tinha imaginado. Eles ainda não tinham nenhuma relação com sonhos e Antony e Anne também não existiam ainda.
Depois desse conto, alguns amigos gostaram e pediram para escrever mais sobre os dois, foram 4 mini-contos escritos e alguns planejados, mas achei que talvez pudesse transformá-los num livro com vários desses continhos que se transformassem numa história completa.
Não deixei essa ideia totalmente do lado, tanto que os capítulos de O Nome do Sonho são todos bem curtos, mas surgiram também os outros personagens e a fantasia por trás do romance.
O processo de escrita foi muito gostoso, o ato de escrever me acalma e me consola, comecei um pouco depois da minha vó falecer e terminei depois de entregar o TCC na faculdade, O Nome do Sonho me ajudou muito nesses momentos e espero que possa ajudar os leitores também.

2. Quando você percebeu que queria começar a escrever?
Desde criança, com Harry Potter, eu sempre gostei de ler. Escrevi alguns contos mega pequenos e simples quando era criança, sobre uma princesa, mas comecei a escrever pra valer durante o ensino médio, com fanfics de Harry Potter numa comunidade do orkut (HPBF). Fiz muitos amigos nessa época que também escreviam, descobri um mundo incrível por trás das palavras e uma sensação maravilhosa pelo ato de juntá-las em histórias.
Percebi então que queria sentir aquilo para sempre, que queria manter as sensações e as amizades que fiz e, acima de tudo, que queria tocar a vida das pessoas da mesma forma que havia sido tocada. Depois disso não parei mais.

3. Como foi receber a noticia de publicação do livro?
Eu acho que apesar de todo o sonho de viver de escrever e de escrever sobre sonhos, sou muito pé no chão com relação à realidade. Sei que publicar é só um dos muitos passos até que o grande sonho realmente se realize, estou só começando nesse caminho e segurando minhas expectativas com relação à essa carreira. Ou seja, recebi a notícia - e continuo recebendo todas as que chegam - com muita alegria, sim, mas contendo a empolgação.

4. Com qual personagem do livro você mais se identifica?
Costumo dizer que os 4 principais são pedaços de mim. Anne e Vivian tem traços que já são meus ou que eu gostaria de ter, Antony e Felipe são parte delas, logo, de mim também.

5. Qual o gênero literário que seria um desafio para você na hora de escrever?
Não diria um gênero específico, mas cenas de ação em geral. Momentos de guerra e luta são um grande desafio pra mim. Estou escrevendo uma distopia no momento e morrendo de medo de como vai ser quando começar a parte da revolução, gostei da minha ideia e não quero estragá-la com um mal desenvolvimento, estou me esforçando.

6. Qual o autor(a) que todo mundo adora, mas você não gosta?
Pode ser um que todo mundo adora e eu nunca li? Nunca li Neil Gaiman nem Stephen King, e só ouço falar bem dos dois, pretendo ler algum dia (primeiro o Gaiman).

7. Qual autor(a) nacional que te inspira?
A Carolina Munhóz, eu li dois livros dela e não gostei (nem desgostei, achei um pouco fraco só), mas as coisas que ouvi ela falar nos eventos que fui e no facebook me fizeram acreditar que viver da escrita era possível.

8. Você tem algum trecho de livro que te acompanha pela vida? Se sim, qual?
Sim, um do Carlos Ruiz Zafón: "Enquanto os outros se lembram de nós, continuamos vivos." Eu gosto do trecho maior, mas não faz tanto sentido pra quem não leu: "De todas as coisas que Julián escreveu, aquela que sempre me pareceu mais próxima é a que diz que, enquanto os outros se lembram de nós, continuamos vivos. Como me ocorreu tantas vezes com Júlian, anos antes de encontrá-lo, sinto que conheço você e que, se posso confiar em alguém, é em você. Lembre-se de mim, Daniel, embora seja num canto e às escondidas. Não me deixe ir."

9. Você foi rejeitada por alguma editora antes de conseguir a publicação do seu livro, como se sentiu?
Eu já conhecia a Garcia através da Camila Pelegrini, que publicou com eles. Ela me deu boas recomendações deles e ouvi falar mal de várias outras, então decidi enviar só pra Garcia mesmo, e deu certo.

10. Qual o seu maior sonho agora?
Eu não considero a escrita como um hobby, quero que seja meu trabalho e minha fonte principal de renda, quero não precisar ter outro emprego (o que não significa que não terei). É o que eu amo fazer, o que me motiva e meu sonho é viver disso.

Mara, mil obrigados por responder a entrevista e ser tão fofa e educada!
Mal posso esperar para resenhar seu livro.
Mais informações:

Compre o Livro:

Espero de coração que tenham gostado!
Beijinhos!

41 comentários:

  1. Ótima entrevista com essa escritora que amo poder conhecer <3

    ResponderExcluir
  2. Achei sua entrevista muito bacana e com riqueza de detalhes.
    Meus parabéns.
    Bjs
    Kátia.
    www.caminhandoentrelivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Kátia. A Ta foi ótima na escolha de perguntas =)

      Excluir
  3. Oie!
    Ótima entrevista, e que a autora consiga escrever e publicar mais. Gostei muito de conhecer mais sobre ela, e deu para notar que é uma pessoa sensata, pé no chão, e assim, vai conquistar muito na vida. Parabéns!
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Obrigada pelo carinho <3 Espero que você tenha toda razão ai nessas conquistas <3

      Beijos!

      Excluir
  4. Oie! Não conhecia a autora nem o seu livro, mas gostei das suas escolhas de perguntas das respostas da autora. Como ela, também ainda não li os autores citados.
    Abraços,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?

    Adoro entrevista com autores, porque sempre o conhecemos um pouquinho. Não conhecia a autora, mas adorei o bate-papo. Muito simpática. Adorei a capa do livro e estou curiosa, espero conferir em breve também.

    beijos

    http://www.livrosfilmeseencantos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo interesse e carinho, Ana Lícia =)

      Excluir
  6. Já tinha lido em outro blog sobre a autora e aqui reafirmo que a acap dest elivro é um shoe à parte!!! Mas confesso que ela perdeu alguns pontinhos comigo ao dizer que nunca leu nada do Stephen King... hahahahhahaha
    Ótima entrevista!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poooxa, mas eu disse que é uma das minhas vergonhas, quero muito ler algo dele hahaha Qual você indica pra uma iniciante nas obras dele? =)

      Beijos!

      Excluir
  7. Olá, Tabatha.
    Eu li as primeiras impressões desse livro em um outro blog e fiquei interessada enel. Gostei bastante da entrevista e me identifiquei com algumas coisas. Também já li dois livros da carolina e não gostei de nenhum dos dois, achei eles bem fracos hehe. E amei que ela citou Zafón, que eu amo. Desejo muita sorte a autora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu lembro de você em comentário de algum blog! =) Que bom te ver de novo. Poxa, Zafón é maravilhoso, meu escritor favorito <3 Amo todos os livros dele e quero novas publicações pra ontem *-*

      Beijos!

      Excluir
  8. Oiê
    Eu acho muito lindo entrevistas com autores! Isso mostra o quanto eles se importam com os seus leitores e tira um tempinho para responder nossas perguntas com tanto amor, independente de ser parceiro ou não! Eu não conhecia o livro mas achei bem bacana as perguntas e as respostas! Sucessos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Manoel =) Eu adorei responder a entrevista ^^

      Excluir
  9. Oiee ^^
    Ainda não conhecia a autora, mas os meus olhos brilharam quando ela mencionou que está trabalhando numa distopia ♥ Interessante que o livro nasceu de contos, parece ter dado um trabalhão. Adorei conhecer a autora ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dryh, muito obrigada pelo carinho e interesse <3 A distopia deve ficar pro final do ano que vem só, ainda vai demorar um pouco pra terminar, mas se gosta de romance e fantasia já pode conhecer meu trabalho com o primeiro livro =D

      Beijões!

      Excluir
  10. Não conhecia a autora ainda,e depois dessa entrevista fiquei muito afim de ler algo dela. Adorei saber que foi Harry Potter que a fez querer ser escritora. <3
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dessa, Harry iniciou muita gente no ramo literário, né? Seja como leitor ou também como escritor, é uma marco na vida de quem cresceu com ele <3

      Muito obrigada pelo interesse, se tiver interesse em adquirir o livro autografado e com marcador, é só me chamar inbox (Mara Deméter) ou mandar mensagem na fanpage mesmo.

      Beijos!

      Excluir
  11. Gente, já escrever contos mesmo mega simples e pequenos ainda quando criança deve ser bem legal! rs... Que ótimo que desde o ensino médio ela teve certeza do que queria para a vida. E que bom que ela conseguiu publicar logo pela primeira editora que procurou, e que mesmo assim mantém uma visão realista da carreira. Desejo muito sucesso à autora!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Ju =) As coisas estão dando certo, mas todos esses ainda são pequenos passos.

      Beijo!

      Excluir
  12. Oi Tabatha, tudo bem?

    Parabéns pela entrevista, ótimas perguntas e adorei as respostas que a autora deu. Achei bem legal a forma como o livro foi se formando, através dos mini contos. Aah, ela escrevia fanfics de Harry Potter o/ e eu já fui uma leitora ávida de fanfics de HP, quem sabe eu já tenha lido alguma. Gostei dela ter citado uma autora cujo livro ela não gostou, mas ela a inspira a viver da escrita e mostra que é possível. Espero que "O Nome do Sonho" seja um sucesso e a autora consiga realizar o seu sonho de viver só da sua escrita.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima || Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafaella, eu publicava na HPBF (orkut), você costumava ficar por lá? E poxa, alguém pode te inspirar pela história de vida, pelos discursos ou também pelo trabalho, não precisa ser todas as coisas, né? Acho que todo escritor nacional que consegue viver de literatura é uma prova de que é possível e, dessa forma, uma inspiração, citei a Carol porque já fui em eventos dela e ela é da mesma cidade que eu.

      Obrigada pelo carinho =) Beijos!

      Excluir
  13. Adoro ler entrevistas com autores. Fiz uma esses dias atrás e me esclareceu muita coisa sobre o livro. Gostei da seleção de perguntas que fez... bem dinâmica e nos faz conhecer melhor ela. Também nunca li Gaiman e o King conheci esse ano.
    -Mari

    ResponderExcluir
  14. Oie,
    muito legal essa entrevista, pois acabei por conher um pouco mais a autora e por isso fiquei ainda mais curiosa com o livro.Creio que todo livro tem a personalidade do autor ou algo que ele detesta.

    Beijos da Fê
    As Catarina´s

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda, tem um outro trecho do Zafón também que é sobre a alma dos livros (: "Cada livro, cada volume que vê, tem alma. A alma de quem o escreveu e a alma dos que o leram e viveram e sonharam com ele"

      Beijos!

      Excluir
  15. Oi! É a primeira vez que leio sobre essa autora. Gostei bastante das perguntas da entrevista e, pelas respostas, ela parece ser uma pessoa maravilhosa. Espero que essa distopia que ela está escrevendo agora dê certo, porque eu adoro distopias haha

    Sucesso pra ela! bjs

    Sonhos em Tinta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brenda, obrigada pelo carinho =) A distopia deve ficar pro final do ano que vem só, ainda vai demorar um pouco pra terminar, mas se gosta de romance e fantasia já pode conhecer meu trabalho com o primeiro livro =D

      Beijos!

      Excluir
  16. OI,

    Adorei a entrevista com a Mara Demeter. Eu não a conhecia e foi um prazer saber um pouco mais sobre ela. Adorei o que ela disse sobre Carlos Ruiz Zafón, um dos meus escritores preferidos.

    Beijos,
    Juci Pauda
    jusemfrescura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juci, o Zafón é maravilhoso <3 Sempre bom ver mais gente que gosta dele. Tenho vários trechos que amo só dele, os livros são muito quotaveis, né? *-*

      Obrigada pelo interesse, beijos!

      Excluir
  17. Olha eu tenho visto muitos blogs falando da obra da autora e sinceramente fiquei bastante interessada em seu livro. Mas eu ainda não tinha lido uma entrevista tão bem feita como a sua. Achei legal, até porque dá para conhecer melhor a autora e também sobre seu trabalho. Espero poder ter a oportunidade de ler uma resenha do livro logo, porque se eu gostar, com certeza eu irei comprar xD

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/12/resenha-beije-me-onde-o-sol-nao-alcanca.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, acredito que vi você em outro blog agora pouco (acabei de responder haha) Obrigada pelo interesse =)

      Excluir
  18. Não a conhecia e nem ouvi falar sobre o livro e que capa lindaaaa. Que ótimo que terá publicação, fiquei bem curiosa e muito sucessos pra ela. Por isso gosto de entrevistas, a gente sempre conhece autores novos.

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Simeia =) Se tiver interesse em adquirir o livro autografado e com marcador, é só me procurar =D

      Beijos!

      Excluir
  19. Olá,

    O legal de entrevistas deste tipo é que conhecemos um pouco mais sobre o autor (a). No caso, eu não conhecia a autora, nem seu livro e nem a editora que estaria publicando o livro dela. E graças a entrevista conheci, é sempre bom estar por dentro das novidades.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thayenne, obrigada pela opinião =) Beijos!

      Excluir
  20. Que linda a entrevista! Primeiro quero dar os parabéns para a autora pela simpatia e pela capa e sinopse divina no livro dela, dei uma espiada e achei maravilhosa! E acho que o sonho de todos que escrevem e escrevem com o coração como parece o caso é viver disso, poder se dedicar e fazer disso um trabalho digamos que se sustente, pq trabalho no caso mesmo com prazer já é, pois a escrita requer sempre muito empenho e dedicação! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Paula =D Exige bastante tempo mesmo, então se for o que te sustenta dá pra fazer mais e melhor =)

      Beijos!

      Excluir

© FLORETIZAS - FOTOS E TEXTOS FEITOS POR TABATHA CUZZIOL, SENDO PROIBIDO COPIAS.
DESIGNER FEITO POR: MICHAEL VASCONCELOS.
imagem-logo